Investigação em Serious Games (Seminário | Atividade 1# cont.)

O universo dos jogos (nomeadamente os Serious Games) é uma área em crescente expansão e com capacidade para movimentar milhões de euros. Assim, muito já foi feito não apenas em termos de produção, mas também no que respeita à investigação.

 

Existem instituições dedicadas à área da investigação em Serious Games (SGs) um pouco por todo o mundo (Serious Games Institute, por exemplo, do qual faz parte a investigadora Sara de Freitas; Serious Games Initiative, vocacionada para o uso de jogos no setor público; Serious Games Interactive, que trabalha na área dos jogos, simulações e mundos virtuais), instituições estas que têm contribuído para a aplicação dos SGs em contextos tão distintos como a educação, a formação de adultos, a saúde, os negócios, as políticas públicas, entre outros.  

 

Em Portugal, existem também centros de investigação mais abrangentes, mas que tocam também a área dos SG (Centro de Estudos e Comunicação e Sociedade da Universidade do Minho, onde se encontra inserido o investigador Nelson Zagalo, especialista na área dos jogos; o Centro de Investigação em Educação da Universidade do Minho, com trabalhos relevantes na área dos jogos educativos).

 

A investigação na área dos Serious Games tem contribuído para a sua credibilidade em várias esferas da sociedade, sendo que atualmente o seu uso é já amplamente aceite em locais como uma sala de aula, uma empresa, um hospital ou um quartel militar.

publicado por monica-ribeiro às 19:26
link do post | comentar